Conecte-se conosco

Marabá

Em Maraba: Operação realizada pelas polícias Civil e Militar prendeu suspeito de integrar quadrilha de assaltantes

Publicado

Em

Uma operação desencadeada no último sábado (07/04) pelas Polícias Civil e Militar da Região Sudeste do Estado do Pará, resultou na prisão em flagrante de Jackson dos Santos Oliveira 23 anos conhecido popularmente por “neguinho” a prisão fou realizada no município de São Domingos do Araguaia. Ele foi preso pelos crimes de posse ilegal de armas de fogo onde foram apreendos três pistolas, sendo duas 380 e .40 e munições de uso restrito da polícia, além de explosivos e tráfico de drogas sendo apreendido aproximadamente 400 gramas de cocaína, tipo Oxi.

Segundo informações apuradas pela policia Jackson era integrante de uma associação criminosa voltada a prática de roubos a instituições financeiras e envolvido em roubos de veiculos na região. Um dos comparsas do suspeito era Marcos Alberto Santana de Oliveira, conhecido como “Rafael ou Cabeça”, assaltante de banco condenado há mais de 23 anos de prisão, foragido do Sistema Penal do Tocantins e que teria participado do roubo a PROSSEGUR no ano de 2016, na cidade de Marabá/PA.

Ainda segundo as informações que Marcos e Jackson estavam juntos na região há aproximadamente dois meses, com o objetivo de realizar levantamentos de agências bancárias para serem alvos futuros da associação criminosa que integram. Porém, para se financiarem, praticavam roubos de carros, além de outros crimes na região.

Ocorre que, por motivos que ainda carecem de esclarecimentos, Jackson “Neguinho” ceifou a vida de Marcos “ Cabeça, bem como ocultou seu cadáver a fim de dificultar a identificação e descoberta de autoria pela polícia.

Após ser preso, Jackson “Neguino” indicou o local de mata nas proximidades do loteamento Delta Park, na cidade de Maraba, onde teria matado, ateado fogo e ocultado o cadáver de seu comparsa Marcos “Cabeça”. O centro de perícias Renato Chaves realizou local de crime e recolhimento dos restos mortais para realização de necropsia, a fim de comprovar a materialidade delitiva do crime de homicídio.

Em continuidade às diligências já na cidade de Marabá, após indicação dada pelo flagranteado Jackson “Neguinho” as polícias civil e militar lograram êxito em efetuarem ainda a prisão em flagrante do nacional Israel Araújo de Oliveira, pelo crime de posse ilegal de armas de fogo e munições de uso restrito, eis que em sua residência foram aprendidas duas espingardas, sendo uma de calibre .12, e outra de calibre .44, além de diversas munições dos mesmos calibre.

As investigações pela Polícia Judiciária Civil continuam a fim de tentar descobrir o motivo do crime de homicídio e sua possível co-autoria(s), além de outros crimes praticados na região.

Advertisement

Notícias mais lidas

Todos os direitos reservados © 2017 - 2018 a Parauapebas Aqui Agora de Comunicação.

error: Content is protected !!